Hex Mask UI Icons Arrow Down Arrow Left Arrow Right Arrow Up Brackets Calendar Checkmark Chevron Down Chevron Left Chevron Right Chevron Up Clock Close Connect crown External URL Favorite (off) Favorite (on) Help Home Info Live Mobile Menu Mobile Paginate Dot (filled) Paginate Dot (empty) Pin Placeholder Icon Play Video Plus Search Team No-Team-Logo_Fallback_003 Ticket Trophy User Input Video Video Play Icon World X Hero Icons Map Icons

Bastion

Bastion

Função

Dano

Dificuldade

Protocolos de reparação e a habilidade de se transformar entre as configurações de um modo de Ataque fixo, um módulo de Reconhecimento móvel e um Tanque devastador garantem a Bastion uma alta probabilidade de vitória.


Habilidades

Configuração: Reconhecimento

Em modo Reconhecimento, Bastion fica completamente móvel e equipado com uma submetralhadora que dispara séries consistentes de balas, a um alcance médio.

Configuração: Sentinela

Em modo Sentinela, Bastion vira uma usina de força estacionária, protegido por uma barreira frontal e equipado com uma Gatling capaz de disparar uma chuva de balas. É possível “andar” com a mira da arma por múltiplos alvos, causando dano devastador de curta à média distância.

Reconfigurar

Bastion se transforma entre seus dois modos primários de combate para se adaptar às condições de batalha.

Auto Reparo

Bastion recupera sua vida, porém, ele não pode utilizar suas armas enquanto o processo de reparo estiver em efeito.

Configuração: Tanque

No modo Tanque, Bastion expõe esteiras e um canhão poderoso de longo alcance. Os cartuchos explosivos do canhão detonam alvos em um grande raio, mas Bastion só pode permanecer neste modo por um curto período.

Biografia

  • Nome verdadeiro: Autômato de Cerco E54 dos Laboratórios SST, “Bastion” , Idade: 30
  • Ocupação: Autômato de batalha
  • Base de operações: Desconhecida
  • Afiliação: Nenhuma

Outrora combatente na linha de frente na devastadora Crise Ômnica, esta curiosa unidade Bastion agora explora o mundo, fascinada pela natureza, porém cautelosa com uma humanidade temível.

Originalmente criadas para propósitos de manutenção da paz, as unidades robóticas Bastion possuíam a habilidade única de se reconfigurar rapidamente em um modo de canhão de ataque. Porém, durante a Crise Ômnica, elas foram postas contra seus criadores humanos, dando volume ao exército rebelde de ômnicos. Após a resolução da crise, quase todas elas foram destruídas ou desmontadas. Até hoje, as unidades Bastion ainda simbolizam os horrores do conflito.

Uma unidade Bastion singular, altamente danificada nas batalhas finais da guerra, ficou esquecida por mais de uma década. Ela esteve adormecida, exposta aos elementos e enferrujando enquanto a natureza lentamente a reclamava. Coberto por cipós e raízes, e servindo de ninho para pequenos animais, o robô permaneceu inerte, aparentemente desapercebido da passagem do tempo. Isso até um dia fatídico, quando se reativou inesperadamente. Com sua programação de combate perdida, ele demonstrara curiosidade intensa sobre o mundo natural e seus habitantes. Esta inquisitiva unidade Bastion saiu à explorar seus arredores, em busca de seus propósitos em um planeta devastado pela guerra.

Apesar de "Bastion" parecer gentil — ou até inofensivo, por vezes — sua programação de combate central assume o controle quando a unidade sente perigo, utilizando seu arsenal completo para eliminar qualquer coisa que perceba como ameaça. Isso gerou situações de conflito com os poucos humanos que encontrou, levando-o a evitar áreas povoadas, favorecendo as regiões selvagens e inexploradas do mundo.