Hex Mask UI Icons Arrow Down Arrow Left Arrow Right Arrow Up Brackets Calendar Checkmark Chevron Down Chevron Left Chevron Right Chevron Up Clock Close Connect crown External URL Favorite (off) Favorite (on) Help Home Info Live Mobile Menu Mobile Paginate Dot (filled) Paginate Dot (empty) Pin Placeholder Icon Play Video Plus Search Team No-Team-Logo_Fallback_003 Ticket Trophy User Input Video Video Play Icon World X Hero Icons Map Icons

Baptiste

Baptiste

Função

Suporte

Dificuldade

Baptiste carrega uma variedade de armas e dispositivos experimentais que mantêm os aliados vivos e eliminam as ameaças em condições ultra-adversas. Um médico calejado por muitas batalhas, ele é capaz de salvar vidas ao mesmo tempo que elimina o inimigo.


Habilidades

Lançador Biótico

O Lançador Biótico de disparo triplo de Baptiste concede precisão e controle de recuo com dano significativo. Ele funciona também como um dispositivo de cura cujos projéteis curam aliados próximos ao ponto de impacto.

Pulso Regenerador

Baptiste ativa um pulso regenerador intenso que cura a si e aos aliados próximos ao longo do tempo.

Campo de Imortalidade

Baptiste usa um dispositivo para criar um campo que impede a morte de aliados. Esse gerador pode ser destruído.

Matriz Amplificadora

Baptiste cria uma matriz que dobra o dano e a cura dos projéteis de aliados que cruzam a área de ação.

Exobotas

Baptiste se agacha e salta mais alto.

Biografia

  • Jean-Baptiste Augustin, Idade: 36 anos
  • Ocupação: Médico de combate
  • Base de operações: Tortuga, Haiti (anteriormente)
  • Afiliação: Coalizão Caribenha (anteriormente), Talon (anteriormente)

"Comigo por perto, ninguém morre."

Baptiste é um médico de combate de elite e ex-agente da Talon que usa suas habilidades para ajudar vítimas da guerra.

O menino Jean-Baptiste Augustine foi um dos 30 milhões de órfãos deixados pela Crise Ômnica. Diante da limitação de oportunidades e recursos, acabou se alistando na Coalizão Caribenha, uma força militar criada no arquipélago em resposta à crise. Guiado pelo desejo inato de ajudar o próximo, Baptiste seguiu em sua nova família como médico de combate, atuando no braço de elite das tropas de operações especiais da Coalizão.

Ao se desligar da tropa, o socorrista não encontrou mercado para suas habilidades únicas e acabou recorrendo a uma das poucas saídas disponíveis: entrar para a Talon, uma das organizações mercenárias que aproveitaram para lucrar com o caos do pós-guerra.

Pela primeira vez na vida, Baptiste teve algum sossego. Suas missões eram fáceis e bem remuneradas, o que lhe permitiu fazer planos de montar uma clínica médica em sua cidade natal. Mas, aos poucos, sua unidade ficou mais e mais brutal, com chacinas e baixas civis. Confrontado pela realidade cruel da equipe mercenária, o médico deu-se conta de que perpetuava o mesmo ciclo de violência que destruiu sua comunidade e abandonou o grupo, enojado pelos próprios atos e determinado a cimentar um novo caminho para si.

A Talon, no entanto, não o deixaria partir. Baptiste sabia demais e precisava ser silenciado. O médico vagou então de cidade em cidade para não chamar atenção, sem nunca deixar de atuar em ações humanitárias pelo mundo inteiro. Muitos agentes, inclusive alguns de seus ex-colegas, revezaram-se na caçada, e os poucos que conseguiram rastreá-lo nunca mais foram vistos.

Hoje, Baptiste trabalha por um mundo melhor, curando quando é possível e combatendo quando é preciso. O médico sabe que não pode mudar o próprio passado, mas o que importa é fazer a diferença aqui e agora.